Solenidade reverencia o Dia da Bandeira em Votorantim Imprimir
Qui, 21 de Novembro de 2013 08:51

O comandante interino do 40° Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPMI), major Attílio Gracco Carmignani, em nota, também se manifestou sobre a data e a cerimônia de hasteamento, destacada como a solene afirmação da democracia e celebração das conquistas do País. "Comemorar o Dia da Bandeira é colocar à frente de nossa sociedade, valores e deveres cívicos que coordenam o bom convívio social. Ovacionar os símbolos da pátria é lembrar a importância de um país justo e digno, ideal este, defeso por todos".

 

A Bandeira Nacional

 

Após à Proclamação da República do Brasil no dia 15 de novembro de 1889, em 19 de novembro, foi assinado o decreto n° 04, redigido por Benjamin Constant e promulgado por Marechal Deodoro da Fonseca, oficializando a Bandeira Nacional. O projeto vencedor foi o de autoria de Raimundo Teixeira Mendes, assessorado tecnicamente pelo astrônomo Manuel Pereira Reis e, artisticamente, pelo pintor Décio Vilares. Em 24 de novembro de 1889, no Diário Oficial, o autor fez a exposição da obra, incluindo a justificativa de que a posição relativa das estrelas, ao centro da bandeira, obedecia ao aspecto do céu, na cidade do Rio de Janeiro, às oito horas e trinta minutos do dia 15 de novembro de 1889.

 

As estrelas, que fazem parte da esfera, representam a constelação Cruzeiro do Sul. Cada uma corresponde a um Estado brasileiro e, de acordo com a Lei nº 8.421, de 11 de maio de 1992, deve ser atualizada no caso de criação ou extinção de algum Estado. A única estrela acima na inscrição “Ordem e Progresso” é chamada Spica e representa o Estado do Pará.

O Brasil tem quatro símbolos nacionais, Bandeira Nacional, Hino Nacional, Brasão da República e Selo Nacional.