Em gincana de cooperação, escola arrecada 64 garrafas cheias de lacres de alumínio Imprimir
Ter, 19 de Novembro de 2013 09:40

 

Além do volume de lacres e garrafas, a experiência tem sido motivo de orgulho na escola também pelo espírito de cooperação. “Houve um envolvimento em todas as turmas e uma dedicação em unir esforços para contribuir com a campanha e praticar uma ação solidária”, contou a coordenadora da escola, Gisele Franco Gonçalves Fonseca. Como forma de parabenizar os alunos, todas as turmas ganharam uma sessão especial de cinema com pipoca organizada na própria escola.

 

Na turma do quarto ano A, do período da tarde, os alunos conseguiram encher dezessete garrafas. Maurício Pires de Campos foi um dos primeiros a se mobilizar quando soube da campanha para arrecadar os lacres. “Achei uma boa ideia e falei com a professora”, explicou. Os colegas aderiram à proposta e colaboraram com estratégias variadas. Camilly Vitória Vieira Barroso, de 10 anos, pega os lacres de todas as latinhas que encontra. “Até na avenida perto da minha casa, se vejo uma latinha, corro para pegar”, contou.

 

Giullia Hillary Vieira, de 9 anos, pediu ajuda para a avó que já tinha uma certa quantidade de argolinhas em casa e também pediu para os vizinhos. Yasmin Rodrigues Santos e Luiz Henrique Altamiro Teixeira, de 9 anos, também contaram com os familiares e amigos para juntar os lacres. “Foi fácil porque sempre vai bastante gente na minha casa”, contou Yasmin.

 

Lacre Legal

 

A campanha Lacre Legal é organizada pela Comissão Municipal de Assistência Social (Comas) de Votorantim, com apoio da Prefeitura. Desde junho, voluntários, empresas, escolas e entidades têm contribuído arrecadando as argolinhas de alumínio para ajudar a Comas na troca por cadeira de rodas.

 

São necessárias 140 garrafas cheias de lacres para obter uma cadeira de rodas. A troca é feita pelo Grupo CCR-Viaoeste que desde o ano passado promove a campanha Lacre Solidário.

Quem quiser colaborar pode entregar os lacres na Prefeitura, que fica na Avenida 31 de Março, n° 327 ou diretamente na Comas, à Avenida Moacir Oseias Guitte, n° 51. O telefone para outras informações é o 3353-8662.