Início Saae orienta população a não interligar rede de águas pluviais com a de esgoto        Votorantim, 19 de fevereiro de 2020  -   10:16:14                                 
Saae orienta população a não interligar rede de águas pluviais com a de esgoto PDF Imprimir E-mail
Qua, 20 de Janeiro de 2010 12:56

Nesse período de chuvas a equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Votorantim, tem realizado entre 10 a 12 vistorias diárias, na rede de esgoto das residências da cidade. É que em muitos casos os encanamentos de águas pluviais estão interligados na rede de esgoto. Com isso as casas localizadas em áreas mais baixas sofrem com inundações.

Conforme o Decreto Municipal de nº 589, é proibido o despejo de águas pluviais na canalização de esgotos sanitários, bem como, a interligação dos dois sistemas. Para tanto as instalações internas de água e esgotos são inspecionadas pela autarquia, antes da concessão dos serviços e, posteriormente, a intervalos regulares.

O setor de fiscalização do Saae ao constatar essa irregularidade na residência, num primeiro momento orienta o proprietário para que essas redes não sejam interligadas. Uma vez que a água da chuva deve ser levada do interior do imóvel até a calçada e terá com destino as galerias pluviais instaladas nas vias públicas.

Em caso da irregularidade persistir e for constatada, o morador será multado em R$ 246,33 e na reincidência essa valor será dobrado. O Saae explica que o objetivo é orientar o munícipe, principalmente nas residências mais antigas, onde essas ligações eram feitas em conjunto.

A autarquia explica que essa prática evita transtorno ao cidadão e evita que sua residência seja invadida pela água da rede de esgoto principalmente nos dias de forte chuva. Mais informações pelo telefone 3353-8600.

Essa orientação tem sido repassada também pela Defesa Civil do Município, que nesses dias de grande volume de chuvas, está em estado de alerta. Outra medida adotada pela Prefeitura é manter as bocas-de-lobo sempre limpas, para tanto a frente de trabalho conta com o apoio da população para que não depositem lixo e nem entulhos nessas galerias.