Início COPA BRASIL 2010: Jovem treinador leva o Grêmio a mais uma final        Votorantim, 25 de setembro de 2020  -   19:41:05                                 
COPA BRASIL 2010: Jovem treinador leva o Grêmio a mais uma final PDF Imprimir E-mail
Sex, 15 de Janeiro de 2010 15:43

O Grêmio chegou a mais uma final de Copa Brasil, a terceira desde o início da competição e a segunda em três anos. No comando da equipe gaúcha, o técnico Ricardo Cobalchini de apenas 24 anos chega a sua segunda final.

Cobalchini é formado em educação física, e iniciou a carreira de técnico em 2003 no Juventude da Caxias do Sul, com apenas 18 anos. Ele fez um caminho diferente da grande maioria dos treinadores no Brasil, ingressou na carreira de técnico sem ao menos ter sido jogador.

Com a filosofia de trabalhar o emocional dos atletas, espera que os jogadores que passaram por ele, cheguem até o profissional: “Muitos dos atletas não se firmam no profissional por causa do emocional, por isso na base trabalhamos está parte também”, diz o jovem treinador.

Ricardo Cobalchini está no Grêmio desde o segundo semestre de 2007, no ano seguinte foi campeão da Copa Brasil, quando a equipe venceu o São Paulo. Em 2009, o time foi eliminado nas quartas de final pelo Fortaleza.

O treinador destaca a força do grupo, “O conjunto do nosso time é forte, é difícil destacar um ou outro jogador, dos atletas que estiveram aqui em Votorantim o ano passado, apenas o Yuri é remanescente, os demais são novos”, completa Cobalchini. Ele também fala sobre o adversário na final deste sábado, “O Palmeiras tem um time muito bom e entrosado”.

As equipes de Grêmio e Palmeiras estão alojadas na mesma escola e Cobalchini destaca o bom relacionamento das duas equipes: “Eu conheço o Márcio (técnico do Palmeiras), há três anos, o contato entre os jogadores é muito bom, sempre eles estão conversando, jogando pebolim ou sinuca, e mexendo nos computadores, o clima é muito bom”.

Assim como todo jogador tem a expectativa de chegar ao time profissional, Cobalchini tem o sonho de treinar outras categorias e até o profissional, “Os jogadores treinam pra isso, eu também luto para que ocorra, mas claro esperando a minha chance, e respeitando muito os que treinam as outras categorias”, finaliza o treinador mais jovem desta 15ª Copa Brasil de Futebol Infantil.

Mais informações Copa Brasil acesse: www.votorantim.sp.gov.br/copabrasil2010