Início Alunos emocionam auditório lotado no festival de música e dança        Votorantim, 13 de outubro de 2019  -   19:37:04                                 
Alunos emocionam auditório lotado no festival de música e dança PDF Imprimir E-mail
Sex, 11 de Outubro de 2013 11:44

 

 

 

Meses de trabalho e dedicação de alunos e professores da Escola “Prof. Abimael Carlos de Campos” foram celebrados em um festival de música, dança e exposição no Auditório Municipal “Francisco Beranger” na última quarta-feira (09).

O projeto “No compasso da Orquestra” foi uma iniciativa da direção e da coordenação da unidade escolar e envolveu pesquisa e dedicação dos professores, além de horas de ensaio e a produção de várias atividades por parte dos alunos dos terceiros e quintos anos do período da tarde.

 

O resultado foi aplaudido em pé por familiares, funcionários e amigos que lotaram a plateia do teatro para apreciar quatro apresentações de balé e quatro números musicais. A ansiedade tomou conta das crianças e também dos pais, que não escondiam o orgulho. A auxiliar de enfermagem, Rosemeire Batista, chegou cedo e se sentou nas primeiras fileiras para acompanhar a apresentação da filha Mirian, de 11 anos, do 5° ano B. “Ela chegou em casa contando sobre música clássica, mas guardou segredo sobre a dança. Fiquei feliz pela oportunidade dela se apresentar em público e principalmente por aprender algo novo”, comentou.

 

Na abertura, um video cuidadosamente preparado em formato de telejornal e apresentado pelos próprios alunos contou a história do projeto e como foi valioso para a escola. Incorporamos novas atividades ao repertório desses alunos, o que é importante no processo de aprendizagem e para o crescimento e desenvolvimento deles. Estamos muito satisfeitos com o resultado final, com o que foi produzido e só foi possível pelo envolvimento dos professores, apoio dos pais e a participação das crianças”, resumiu diretora Alessandra Menck Machado.

 

 

As crianças estudaram vários gêneros musicais, começando pelos compositores clássicos, fizeram pinturas, redações, quadros, réplicas de instrumentos, além dos números artísticos para o festival. Professores também participaram tocando instrumentos, ensaiando as coreografias e garantindo toda a produção do espetáculo.